Daily

Mais-valias, o bicho papão!

20 Novembro, 2017

Olá e boa semana!

Hoje começamos a semana com um tema que desperta muitas dúvidas nos meus clientes: as mais-valias!

Para o caso de não se tratar de habitação própria permanente, há que pagar e pronto… Não há mesmo muito a fazer. Por isso, assim em traços gerais, trata-se de fazer a diferença entre o valor de venda e o de compra, e pensar que 50% desse valor vai ser tributado à nossa taxa de IRS. Há algumas nuances, como abater os custos de escrituras e comissões de agência, mas em traços gerais, é com isto que devem contar.

Para quem está a fazer negócio para habitação própria permanente, a coisa já muda de figura…

Sempre que existe reinvestimento do valor da venda, numa nova compra, esse novo valor de compra vai ser tido em conta na hora de fazer as contas e há algo fantástico: pode-se fazer este reinvestimento 24 meses para trás ou 36 para a frente. Ou seja, eu posso comprar uma casa nova agora e depois tenho 2 anos para fazer a venda da casa antiga e isso vai contar para o cálculo. 🙂

Da mesma maneira que se vender a minha casa hoje, tenho 3 anos para poder reinvestir esse valor numa nova compra de habitação própria permanente (basta preencher o anexo G no IRS e dizer que vou reinvestir o dinheiro). Mas muita atenção aos prazos, pois se houver uma distracção, pode ser razão para ter que pagar milhares de euros… :/

Deixo aqui um link que me pareceu muito completo para fazer as simulações e até já inclui os montantes de amortização de crédito, etc,. Ora vejam aqui!

Espero ter ajudado e não confundido ainda mais! ahaha

P.S.: A imagem penso que reflecte a zona da casa que mais se adequa quando pensamos em pagamentos! hihi

Até amanhã 😀

 

Partilhe:

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply Paula Melo Melo Garcia 20 Novembro, 2017 at 20:57

    Muito elucidativo, obrigada Rita

  • Leave a Reply